November 26, 2017

November 18, 2017

November 16, 2017

November 16, 2017

November 14, 2017

November 14, 2017

November 12, 2017

November 11, 2017

Please reload

Posts Recentes

Pedalar, Correr e Ajudar...

August 3, 2017

1/3
Please reload

Posts Em Destaque

Pedalar, Correr e Ajudar...

August 3, 2017

Por que você corre? Se você é corredor, essa é uma pergunta que certamente já lhe fizeram! Por vezes, você mesmo deve se fazer esse questionamento.

 

Se você não é corredor, talvez tenha já se perguntado (ou perguntado a um amigo) o que o motiva a correr...

 

Todos nós temos um motivo para começar. O meu pode ser resumido em: “quando dei por estava ali com 40 anos, sedentário e precisando eliminar peso”. Para mim à época, correr seria um esporte viável, pois poderia organizar minha agenda e fazer em qualquer lugar, apenas com um tênis.

 

Mas, com o “projeto corrida” veio a necessidade de check-up geral com cardiologista, de ter

 

nutricionista, de buscar fortalecimento muscular na academia para evitar lesões, veio uma enxurrada de informações e a necessidade de investimento em tênis e roupas apropriados.

 

Dos 5 km iniciais na esteira para fora dela. Dos 10 km em prova de corrida de rua à Meia Maratona e ai, caminho sem volta. Não era mais só uma questão de manter a regularidade nos exercícios, de fazer por saúde, mas passou a ser diversão com gosto de desafio pessoal. Não para competir, mas para saber que posso fazer.

 

Um mundo novo, portanto, se abriu: Mudança no guarda-roupa, nos assuntos, nos hábitos. Novos vocabulários, novas manias e o melhor de tudo, novos amigos. E, claro, novos [e maiores] desafios!

 

E assim vieram, após um ano de corrida, as maratonas de asfalto e trail run. Pela Maratona do Deserto o sabor de correr em lugares incomuns e aliar corrida com boas viagens... E assim segui, começando em 2015 a me inserir no mundo das ultramaratonas e a praticar ciclismo, na modalidade mountain bike, como alternativa de treino. A minha única competição passou a ser comigo mesmo: estar melhor hoje que estava ontem, conseguir correr hoje um percurso longo que antes não conseguia.

 

Não ser atleta profissional e conciliar sua vida pessoal e profissional com a exigência dos treinos para ultramaratonas é sim um desafio que exige disciplina e renúncias e, portanto, novas mudanças no estilo de vida.

 

Até aqui, o ajudar do título foi em benefício próprio, né?! Em 2016 tomei conhecimento do Unogwaja Challenge (que inspira esse projeto) e me encantei por esse desafio social e físico. Fez muito sentido para mim utilizar o pedalar e o correr em prol de uma causa, de ajudar o próximo. Me inscrevi e fui selecionado para o projeto. Feliz e surpreso, em fevereiro de 2017 comecei um treinamento específico e intensivo, além da campanha de arrecadação de fundos para doação. Um detalhe curioso: Não tinha uma Speed e nunca tinha subido em uma até quatro meses antes do meu embarque para Cape Town.

 

Sou, com muito orgulho, o Unogwaja 46! Conheci projetos suportados pelo Projeto e durante todo o desafio na África do Sul muito aprendizado e superação. Não foi fácil, ninguém disse que seria. Mas, tudo o que realmente cremos e colocamos o coração pode ser feito. Isso foi o que me motivou a cumprir tudo o que era esperado, a crença e a vontade de fazer, pelo esporte, algo benéfico não só para mim, para minha saúde.

 

Creio sim que pequenas ações podem ser transformadoras e podem inspirar e modificar. Que esse projeto iniciado por vocês, à luz do Unogwaja Challenge, inspire também novos projetos e mais pessoas a se engajarem no uso de suas práticas desportivas em prol de causas sociais. Juntos somos melhores!!!

 

Agradeço o convite para escrever esse texto. Desejo força e garra aos participantes. Quem sabe numa próxima edição também eu não esteja nesse desafio, né?! Nunca se sabe (risos).

 

Parabéns pela iniciativa. Nos vemos por ai nas corridas [e correrias] da vida!!!

 

Um abraço fraterno, Clodis

Clodis Boscarioli tem 44 anos e é professor universitário. Começou a correr há quase quatro anos e desde 2015 tornou-se um apaixonado por ultramaratonas e corridas de aventura (trail run), tendo completado desde então 10 ultramaratonas, como as 100 milhas da Ultra Fiords, 80km e 100km da Indomit Costa Esmeralda, Comrades, TTT, entre outras. Além dos treinos de corridas, procura manter em sua rotina treinos bike e crosstraining.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2017 Desafio Bike & Foot 900